09/03/11

São Bento de Castris - Évora

Sexta-feira, dia 5, às 18 horas, na Biblioteca Pública de Évora, apresentou o livro de Antónia Fialho Conde "Cister a Sul do Tejo. O Mosteiro de S. Bento de Cástris e a Congregação Autónoma de Alcobaça (1567-1776)”.

Segundo as Edições Colibri, que edita a obra, “o presente trabalho visa sublinhar a presença da Ordem de Cister a Sul de Portugal através da comunidade feminina de S. Bento de Cástris, mosteiro que foi pioneiro na história religiosa da cidade de Évora, quer enquanto retiro eremítico quer na implantação da vida conventual fora dos muros do burgo”.

O estudo “ prolonga-se até 1776, ano da exclaustração da comunidade por imposição da legislação pombalina”, sendo este trabalho de “particular importância para a compreensão da história local e regional, num período significativo da sua história, contribuindo ainda para um melhor conhecimento acerca da presença, neste caso, da Ordem de Cister em Portugal e, mais especificamente, no Sul do país”.

A autora, Antónia Fialho Conde, é doutorada em História e mestre em Recuperação do Património Artístico e arquitectónico. É Professora Auxiliar do Departamento de História da Universidade de Évora, onde lecciona nas áreas científicas de História Moderna e de Património, participando habitualmente em eventos científicos de âmbito nacional e internacional nestas temáticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário