11/05/11

" Onde param os grilos???. Já ninguém os ouve cantar"

Nesta época do ano já os grilos deviam cantar alegrando os campos do Alentejo.

Segundo os biólogos que a culpa do desaparecimento destes herbívoros deve-se à poluição das terras, consequência dos produtos químicos utilizados na agricultura – adubos e fertilizantes.

Também a serralha fonte de alimentação dos grilos está a desaparecer.

Existem mais de 20 mil espécies de grilos no mundo que vivem sobretudo nos países tropicais.

São famosos pelo seu canto e o som que emitem é produzido pelo friccionar das asas. O grilo é uma espécie adaptada ao ecossistema com uma função própria.

Este é um insecto que serve de alimento a algumas espécies de aves. Ou seja, são animais importantes para a região do Alentejo, em termos de funcionalidade do ecossistema.

De resto, longe vão os tempos em que a venda de grilos já foi negócio para muitos alentejanos, que descobriram a simpatia que o mercado de Lisboa nutria por estes bichinhos cantadores.

Na década de 40 faziam sucesso em locais como a Praça da Figueira e a Rua do Arsenal, pelo que chegaram a ser vários os alentejanos que dedicavam os dias a apanhar grilos no campo para depois os enviarem para a capital, onde tinham os seus vendedores, através dos transportes públicos.

Era a Setubalense que fazia o serviço gratuitamente, sendo que as condições para alguém pagar 50 centavos por um grilo era este ser realista (grilo com dois rabos era sinónimo de boa cantoria), e uma lista dourada próxima da cabeça. Os animais também não podiam chegar ao destino com patas partidas.
Os machos possuem uma série de pelos nas bordas das suas asas que emitem o tradicional "cantar do grilo", quando os roça uns nos outros, como se de um violino se tratasse.
Na Primavera os grilos acasalam, sendo que cada femea pode depositar cerca de 50 ovos num substrato humido. A eclosão dá-se duas a tres semanas depois. A "toca" do grilo pode ter cerca de meio metro de profundidade.
Os grilos adultos vivem uma mádia de dois a tres meses.

1 comentário:

  1. TENHO UM CRIAME DELES ...E VENDO ...QUER COMPRAR?
    MARIAH

    ResponderEliminar