13/06/11

2ª Temporada de arte e cultura


Na Casa de Burgos decorreu o espectáculo inaugural incluído na 2ª temporada de Arte e Cultura promovida pela Direcção Regional de Cultura do Alentejo e cujo programa engloba apresentações musicais; Teatro; Marionetas, e Oficinas de Dança.



Nesta performance de abertura actuou para uma razoável assistência o “Ensemble Contemporâneus” dirigido por Vera Batista e que interpretou uma peça intitulada A RAINHA DAS NEVES, da autoria do compositor Rogeiro Medeiros e com narração de Joana Godinho. Trata-se de um trabalho musical sobre um conto de Hans Christian Andersen.
Esta Temporada de Arte e Cultura será apresentada num regime de itinerância em diversas localidades alentejanas, com o apoio dos respectivos municípios.


Diário do Sul teve a oportunidade de recolher declarações da Directora Regional de Cultura do Alentejo, Drª Aurora Carapinha que nos disse:

O ano passado fizemos 70 espectáculos em todo o Alentejo, este ano temos esta primeira fase, e uma outra em Setembro/Outubro. É uma forma de ajudar e dar a conhecer os nossos agentes culturais que têm muito boa qualidade, e que muitas vezes não são reconhecidos na própria região, e portanto chamar os nossos agentes e termos a preocupação de mostrar no Alentejo, os programas de itinerância, mostrar quer dança, quer música, quer teatro, ou artes plásticas que é o modo de acabar cada temporada.


NESTE GENÉROS ARTISTICOS PENSAM MAIS TARDE TRAZER À REGIÃO CONJUNTOS QUE POSSAM APRESENTAR TRABALHOS DE MAIOR FOLEGO?
Nesse caso a Temporada de Artes prende-se com os agentes culturais. Paralelamente vamos ter também nas três capitais de Distrito a Companhia Nacional de Bailado com um espectáculo que está neste momento no Teatro Camões, em Lisboa. Portanto nós vamos trazer ao Alentejo a Companhia Nacional de Bailado, com o Bernardo Sassetti e os nove coreógrafos portugueses. Já trouxemos a Orquestra de pequenos violinos da Metropolitana. Ora isto são acções que vão ser paralelas, estamos a tentar procurar fazer a descentralização em dois sentidos: uma com os nossos agentes culturais da região e depois trazer outros acontecimentos, outras linguagens.


Tudo isto são parcerias com as Câmaras (também é bom chamar a atenção) e em que quase todas responderam. Como já dissemos haverá também um conjunto de exposições E essa temporada de artes prende-se muito com a ideia de que são novos públicos, têm também uma vocação muito grande, e haverá acções especificamente destinadas ao público infantil, como sucede este ano. Finalmente vamos abrir as portas deste espaço para que não seja só uma casa com funções administrativas”.


Até final de Julho os diversos espectáculos vão estar nas seguintes localidades:

MAIO
Dia 13 – Alter do Chão
Dia 14 - Ponte de Sor
Dias 16, 17 e 18 – Casa de Burgos – Évora
Dia 18 - Ferreira do Alentejo
Dias 23, 24 e 25 – Casa de Burgos – Évora
Dia 27 – Cuba
Dia 27 - Vila Viçosa

JUNHO
Dia 1 – Arraiolos
Dia 1 – Viana do Alentejo
Dia 9 – Portel
Dia 12 – Estremoz
Dia 17 – Avis
Dia 17 – Nisa
Dia 26 – Conservatório Eborae Mvsica - Almodôvar
JULHO
Dia 8 – Trulé – Évora
Dia 9 – Aljustrel
Dia 29 – Santo André (Santiago do Cacém)
 

Sem comentários:

Enviar um comentário