14/06/11

Itinerários Romanos do Alentejo - Uma releitura de "As Grandes Vias da Lusitânia – O Itinerário de Antonino Pio" de Mário Saa, cinquenta anos depois

As Grandes Vias da Lusitânia – O Itinerário de Antonino Pio, cujo primeiro volume foi publicado em 1956, constitui uma das obras mais controversas da bibliografia portuguesa de temática arqueológica. Ao longo de seis volumes o seu autor, Mário Saa, apresenta os itinerários romanos da Lusitânia, misturados com interpretações fantasiosas, contradições, opiniões polémicas ou constantes re-escritas dos trajectos apresentados que em muito confundem o leitor e obrigam a reformular os seus conhecimentos. André Carneiro nasceu em 1973 em Lisboa. Licenciado em História, variante Arqueologia pela Faculdade de Letras de Lisboa, docente do Departamento de História da Universidade de Évora desde 2006, desenvolveu projectos de investigação sobre o povoamento antigo, quer no âmbito autárquico (Carta Arqueológica do Concelho de Fronteira), quer na análise da ocupação do território em época romana (Povoamento romano no actual concelho de Fronteira). Responsável presentemente por três projectos de investigação, escolheu o Alto Alentejo e as vias romanas como pontos centrais de análise, sempre com componentes territoriais e de trabalho de campo com vista à identificação das materialidades muitas vezes esquecidas no terreno.

Detalhes:

Ano: 2009
Capa: capa mole
Tipo: Livro
N. páginas: 137
Formato: 23x16
ISBN: 978-972-772-797-1

Sem comentários:

Enviar um comentário