02/08/13

Em Valencia de Alcântara e Marvão - Docentes da Universidade de Évora explicam mais antigo documento de abertura de fronteiras na Europa

O Convento de Santa Clara, em Valencia de Alcântara, recebeu no passado dia 1 de agosto docente da Universidade de Évora, Jorge de Oliveira, que fez às 20h00 uma palestra para explicar os detalhes do tratado medieval que se acredita ser o mais antigo documento de abertura de fronteiras na Europa, datado de 1313 e cujo original é mantido em Lisboa. Hoje dia 2, o Castelo de Marvão recebe a comitiva espanhola, convidando toda a população e visitantes a assistir na Torre de Menagem a uma conferência proferida pela historiadora Hermínia Vilar, docente da Universidade de Évora, onde atualmente é vice reitora, que também ali irá falar sobre aquele documento. Os autarcas de Valencia de Alcântara e de Marvão, Pablo Carrilho Reyes, e Victor Frutuoso, assinam também amanhã um protocolo de colaboração, numa cerimónia que vem assim ratificar o antigo documento, para além de o apresentar em facsmile. As iniciativas que integram o IX Festival Transfronteiriço Boda Régia comemoram assim as relações transfronteiriças entre Marvão e Valência de Alcântara, ao celebrarem os 700 anosda assinatura do primeiro acordo de colaboração entre ambas as vilas. Foto1: Documento de abertura de fronteiras na Europa, datado Foto1: Documento de abertura de fronteiras na Europa, datado de 1313.

Sem comentários:

Enviar um comentário