09/06/11

Exposição - Arte Pastoril Alentejana / Rua de Burgos

Exposição Aberta ao Público 
de 15 de Junho a 15 de Julho
Casa de Burgos . Galeria de Exposições
“Desde tempos imemoriais que o pastor alentejano ocupa o tempo que lhe sobra da guardado rebanho, em gravar desenhos sobre madeira, cortiça ou chifre.
Como principal instrumento de trabalho, serve-se da navalha, mas utiliza também, por vezes, o ponteiro e a legra que transporta sempre consigo. A legra consta de uma folha de navalha de barba, dobrada em gancho numa das extremidades, e é utilizada, especialmente, para escavar a concha das colheres. 

Com riscos esboça primeiro o trabalho a executar. Sobre o traçado abre então o desenho idealizado: ramos, bordados ou outros motivos. Dentre os trabalhos executados podem citar-se os seguintes: De madeira: colheres, cassos, garfos, copeiras, garfeiras, molduras, tinteiros, pontões de arca, sovinos, agulheiros, chavões, etc. De cortiça: côxos, tarros, caixas de costura, saleiros, tropeços, etc. De chifre: polvorinhos, cornas, azeiteiros, copos, colheres, etc.”
                                                                                                                                   Hernâni Matos



Sem comentários:

Enviar um comentário