14/09/11

Mora (Alentejo) edita o primeiro Guia Turístico

 O concelho de Mora tem desde hoje disponível o primeiro Guia Turístico do Concelho, uma edição da edilidade local com cinco mil exemplares.
O facto de ser um guia de bolso não lhe retira a inclusão toda a informação turística do concelho, destacando as quatro freguesias do mesmo: Mora, Cabeção, Pavia e Brotas, assinalando-as com pequenos mapas para uma fácil orientação.
Repleto de imagens, mapas, descrição dos principais locais a visitar no concelho de Mora e conteúdos históricos de cada freguesia, o guia demonstra-se como uma montra daquilo que de melhor há neste território.
“Prazeres” são os títulos de cada secção que convida o visitante a explorar detalhadamente cada freguesia e o concelho em geral, estando incluídos as principais informações úteis, como contactos da GNR, Bombeiros, farmácias, centro de saúde e Rodoviária, entre outros.
O território de Mora oferece paisagens dotadas de um extraordinário valor estético, biológico e histórico, bem como a excelente gastronomia e alojamento, que constituem um potencial importantíssimo num contexto de desenvolvimento sustentável. A sua localização privilegiada, no que toca a grandes aglomerados populacionais como Lisboa, Setúbal e Évora, possibilita o fácil acesso por parte de populações caracteristicamente urbanas.
Como forma de concretizar uma das acções da Agenda 21 Local de Mora, “Promoção e Divulgação do Património Natural e Arqueológico”, o município de Mora lança o Guia Turístico de Mora, um documento informativo que foi elaborado utilizando como conceito chave o prazer da cultura, do descanso, dos sabores e da diversão.
Além disso, também a necessidade de informar o cada vez maior número de visitantes que demanda a Mora levou a autarquia a lançar o Guia Turístico do Concelho, o primeiro e que, conforme a autarquia, “vai ajudar os milhares de forasteiros na sua visita, dando a descobrir as riquezas patrimoniais e turísticas de Mora”.
Em destaque neste Guia estão o Fluviário de Mora, o Monumento Nacional Torre das Águias (Brotas), a Mata Nacional de Pinheiro (Cabeção), o Cromeleque do Monte das Fontainhas Velhas (Pavia), entre muitos outros. No bolso, passa-se a ter também toda a oferta restaurativa e de ementas convidativas que também são uma das atracções do concelho.

Sem comentários:

Enviar um comentário