27/09/11

O próximo jogo vai ser lançado, sobre a cidade de Évora.

É o primeiro jogo de tabuleiro dedicado ao Douro e ao Vinho do Porto. Criação de uma empresa portuguesa, o Vintage já pode ser encontrado nas lojas.

A estratégia comanda este jogo de tabuleiro, passado na região portuguesa do Douro. O objectivo é, explica Gil d'Orey, fazer o máximo de pontos Vintage possíveis" e, para tal, é necessário que o jogador passe por todo o processo de produção do Vinho do Porto.

Comprar quintas na região do Douro, plantar vinhas das castas tradicionais, produzir Vinho do Porto, transportá-lo até às caves de Vila Nova de Gaia em barcos Rabelo, deixá-lo envelhecer e vendê-lo são os passos ideias para uma carreira de sucesso no Vintage.

Mas este não é o primeiro jogo de tabuleiro que se centra em aspectos da cultura portuguesa. A empresa Mesaboardgames, de Gil d'Orey, tem vindo a inserir-se neste mercado, com uma linha editorial centrada na "criação de jogos de tabuleiros familiares baseados em temas portugueses internacionalizáveis", como é o caso do CaravelasCaravelas.

Fundada em 2010, juntamente com Tiago Teixeira Abreu e Dimitri Dagot, a Mesaboardgames descende de uma pequena empresa de design de Gil d'Orey, onde o designer e apaixonado por jogos de tabuleiro começou por criar pequenos divertimentos.

No mercado desde final de Agosto, com um preço de 39.90 euros, o Vintage tem "dado bons sinais" e o "feedback tem sido muito positivo", diz Gil d'Orey, já a pensar no próximo jogo a ser lançado, sobre a cidade de Évora.

Sem comentários:

Enviar um comentário