11/04/11

Escultura: Pelas mãos do alentejano João Concha, o ferro velho transforma-se em criação artística

O que para muitos não passa de ferro velho, ganha vida nova nas mãos de João Concha. Porcas, parafusos ou enxadas são alguns dos objetos que, através da sua imaginação, reutiliza e incorpora em esculturas.

Por entre arbustos e árvores de fruto, no quintal da sua casa, na aldeia da Graça do Divor (Évora), “moram” várias das obras que, na última “meia dúzia de anos”, nasceram de rompantes de inspiração.

Um crocodilo, uma cobra, figuras de homens e de mulheres, uma criança num triciclo e até um saxofone com mais de três metros de altura são as mais emblemáticas, não admitindo João Concha separar-se de algumas delas.
Veja aqui todas a arte de João Concha

1 comentário:

  1. Simplesmente fantástico.

    Para mais fotos do artista, basta visitar o site dele onde estão todas as obras em pormenor:

    http://www.rustsculpture.com

    ResponderEliminar